sexta-feira, 5 de abril de 2013

EDADUAS


De tanto que deixei de mim aí
E de quanto trouxe de você comigo
Que a saudade está invertida
EDADUAS


quinta-feira, 4 de abril de 2013

MARCAS



MARCAS


Como sudário

Sacrossanto

Tua imagem em mim

Impregnada

Marcas

Amor

Leveza

Deixa-me bobo

Embebido

Por teu sorriso
E carícias

OZEAS RAMOS

FARFALHAR

 

Direitos X liberdade de expressão

Difícil tarefa a de conciliar a luta por direitos X liberdade de expressão.
Mas é um exercício necessário.
 


 


















OZEAS RAMOS
www.rascunho1966.blogspot.com.br

quarta-feira, 3 de abril de 2013

SECA




SECA

A estiagem causticante
Não mata de sede o bode e o carneiro,
Não seca plantas e raízes,
Não deixa sem alimento a vaca e a carijó,
Nem destrói a alma do sertanejo
Quem perde com a seca
E perde a vida é a terra.
É ela que mata a sede com suas aguadas
Que sacia a fome com suas sementes e raízes
E mitiga o sofrimento do caboclo.
Todos eles: plantas, animais e gente
Vendo a terra sofrer
Morrem em solidariedade a ela.


OZEAS CB RAMOS
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...