domingo, 29 de março de 2015

ENSEADA



ENSEADA

A seca passou
E com ela passou a estiagem
Tudo passa...
E agora chove em mim
E inunda minhas ideias
De correntezas
E de paixões...
Minha vereda é agora
Uma vasta enseada de mares
Com águas tranquilas,
Transparentes e férteis.
De onde vejo horizontes
Para onde posso navegar
E em frente seguir...

OZEAS CB RAMOS
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...