sábado, 21 de junho de 2014

A ADIADA ENCHENTE - MIA COUTO

A ADIADA ENCHENTE - MIA COUTO

Velho, não.
Entardecido, talvez.
Antigo, sim.

Me tornei antigo
porque a vida,
tantas vezes, se demorou.
E eu a esperei
como um rio aguarda a cheia.


Toda a vida acreditei:
amor é os dois se duplicarem em UM.
Mas hoje sinto: ser um é ainda muito.
De mais.
Ambiciono, sim, ser o múltiplo de nada,
Ninguém no plural.

- Ninguéns. -
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...