quarta-feira, 21 de agosto de 2013

DO OUTRO LADO DO VALE



A saudade é tanta...
Guardo de você apenas lembranças
De seu rosto
De seu sorriso
De seu olhar distante.

Isso ainda me consome
Ocupa-me o pensamento
Quase não lembro de mim.
Distancia ignominiosa
Querer em desvario.
Madrugada em silêncio
Desejos...
Que me aproximam do outro lado
Do imenso vale
De onde te verei novamente
Uma última vez
Ainda que ao longe
E de onde tudo será absoluto
Verdadeiro
E final.


OZEAS RAMOS


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...