domingo, 19 de maio de 2013

ERNESTO CARDENAL


Ao perder-te eu a ti
tu e eu teremos perdido.
Eu, porque tu eras o que eu mais amava;
tu, porque era eu que te amava mais.
Mas, de nós dois tu perdes mais do que eu.
Porque eu poderei amar a outras como amava a ti,
Mas outros não te amarão mais do que eu te amava!

Ernesto Cardenal



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...